"GAGO" É MORTO A TIROS NO CENTRO DE TEIXEIRA DE FREITAS


Na tarde desta quinta-feira, 11 de janeiro, a Central de Polícia Militar foi acionada e informada de um homicídio ocorrido na Rua Teixeira de Freitas, no Centro da cidade. Uma guarnição do 1° Pelotão se deslocou até o local, onde confirmou o fato e preservou o local do crime até a chegada da Polícia Civil. Segundo informações, o atirador se aproximou da vítima, a pé, e efetuou os disparos. Logo após, fugiu a bordo de uma bicicleta. A outra informação que chegou à Polícia é que o atirador estava em um carro. A vítima foi identificada como sendo Eliandro Serafim Ferreira, 33 anos de idade, vulgo “Gago”, que reside na Rua Afonso Pena, no Centro. A delegada plantonista, Rina Andrade, juntamente com o investigador Aldo, esteve no local, onde realizou o levantamento cadavérico e solicitou perícia. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica esteve no local, representada pelo coordenador Flávio Sampaio e o perito Pedro Paulo.

IMG_0043.JPG
Segundo os peritos, a vítima apresentava 15 lesões causadas por disparos de arma de fogo. Os disparos atingiram diversas partes do corpo, e segundo a perícia, a vítima apresentava 05 ferimentos no braço direito, 01 no braço esquerdo, 03 na cabeça, 03 no peito e 03 nas costas. O perito recolheu 02 projéteis, e acredita que seja de munição calibre 38. O perito suspeita que o atirador recarregou a arma, ou duas armas foram usadas no crime. Uma equipe do N.H.T também esteve no local, e colheu as primeiras informações do fato. Após perícia, a delegada autorizou remoção e o corpo da vítima foi removido ao IML de Teixeira de Freitas, onde será submetido à necropsia, nesta sexta-feira (12). Eliandro já sofreu pelo menos 07 tentativas de homicídio, e já foi preso por tráfico, onde na ocasião foi encontrado com 01 pedra bruta de “crack”. A principal linha de investigação é o envolvimento da vítima com o tráfico de drogas, mas, a Polícia Civil continuará as investigações. Um inquérito policial será instaurado para investigar autoria e motivação do crime, bem como, se o atirador estava de bicicleta ou de carro.

FONTE: LIBERDADE NEWS

Comente essa matéria