Saiba como o prefeito de Paripiranga(BA), Justino Neto recebeu “prêmio” de instituto denunciado no Fantástico

Quem tem prêmio picareta?
Nós recebemos cerca de 610 e-mails por semana. Assessorias de imprensas de diversas entidades, de todos os seguimentos. O cidadão comum também envia muitos. Reclamações, críticas, sugestões e elogios. Chega de tudo através do número (75) 9.9993-3936.
Isso sem falar nas inúmeras mensagens de WhatsApp e outros canais de mídias sociais. Sentimo-nos honrados, pois depositam confiança no trabalho sério que fazemos aqui.
Desses inúmeros contatos recebemos muito conteúdo política. Dos políticos diretamente e de suas assessorias. Isso nos ajuda muito e lemos todos. Mas um, em especial, a gente não leva a sério: o que traz instituto picareta promovendo quem paga pela homenagem. Na noite deste domingo (5), no programa Fantástico da Rede Globo, uma reportagem detonou esses “institutos” que vendem esses prêmios para quem paga, muitas vezes com o dinheiro público.

Um tal Instituto Tiradentes é bem famoso para os políticos locais e regionais, que vivem exibindo diplomas dessa instituição, agora desmascarada, pois nunca fez qualquer pesquisa: entregava diploma e medalha a quem pagava. Em 27 de outubro de 2017, o Prefeito Justino Neto foi condecorado com a “Medalha Tiradentes” pelo desempenho nos primeiros 210 dias de gestão municipal e comemorou em sua rede social. Ele foi um dos homenageados conforme o portal Carlino Souza apurou. Resta saber agora se Justino usou o dinheiro público para pagar diárias e inscrições para participar desses eventos picaretas. A reportagem entrou em contato com o prefeito de Paripiranga para eventuais esclarecimentos mais não obtivemos retorno do contato. O Portal Carlino Souza entrou em contato com Vereadores de Paripiranga, sugeriu e cobrou que vereadores apurem e fiscalize se a premiação concedida ao prefeito Justino, foi comprada por com recursos públicos.

A reportagem mostrou até um jumento, que atende pelo nome de precioso que também foi premiado como um dos 100 melhores prefeitos do Brasil. Não se checou nem se o prefeito existia concederam o título e foram desmascarados em rede nacional. Ora se um jumento recebeu um prêmio de melhor gestor, por quer não Justino receber um também? Em Paripiranga, o instituto esqueceu de pesquisar a verdade nas ruas sobre o verdadeiro sentimento da população. Desde que assumiu o comando da prefeitura, Justino Neto, enfrenta um desgaste político muito grande e sua baixa popularidade esta atrelada a falta de capacidade administrativa, competência e transparência. A falsa pesquisa de Justino Neto e o Instituto atropelaram a matemática e ganhou repercussão em grupos de Whatsapp e chegou a ser compartilhada em perfis do Facebook e Blogs da cidade que ganham bem para defender a fracassada gestão pífia. O falso mérito serviu apenas para expor e usar a população como massa de manobra para estes políticos sem escrúpulos que ficam brincando de pesquisa a fim de promover a si próprio.
Por várias cidades do Brasil isso vive acontecendo. Se faz festa, cobra mesa, e vai se entregando honrarias sem qualquer pesquisa ou resultado sério. E quem recebe ainda pendura no quadro na sala de trabalho e posta foto na rede social. Isso não acontece só na política, mas com empresários, comerciantes, servidor público, profissional liberal ou quem “pague apenas a mesa”

O Portal Carlino Souza já fez, inclusive campanha contra a esses tipos de eventos e premiações. E começamos em casa, quando não participamos e não aceitamos premiação de Troféu Imprensa, pois também não existe pesquisa ou qualquer metodologia séria ou aceitável.
Homenagem e reconhecimento só se deve comemorar com pesquisa ou apontamento sério do cidadão comum. Não tem honra nem mérito em receber prêmio picareta. E comemorar isso é tão pequeno quanto lamentável. É o começo do autoengano.

Por fim, senhor prefeito Justino Neto: tire urgentemente os diplomas e medalhas de institutos picaretas de seu gabinete. O Brasil inteiro já sabe que não valem nada e muitas dessas premiações entregues foram pagos com dinheiro público. Incluindo passagens, diárias e um sem fim de vantagens nada republicanas. É por aí.
Suspeita-se que outros prefeitos da região também tenham ganhado títulos.

Da redação, Portal Carlino Souza – O primeiro. Sempre!

Comente essa matéria