Conquista: Decreto de Herzem sobre vans gera crítica de vereadores

Foto: Reprodução / Blog do Anderson
Um decreto da prefeitura de Vitória da Conquista, no sudoeste, tem dado o que falar. A medida, feita sem consulta à Câmara de Vereadores, divide opinião entre a gestão do prefeito Herzem Gusmão e vereadores da bancada oposicionista. Segundo o líder da oposição na Câmara, vereador Fernando Vasconcelos Lima (PT), a decisão da prefeitura foi arbitrária e desrespeitosa. “Ninguém é contra a regulamentação das vans.
Se o projeto não vai para a Câmara, você impede que a sociedade discuta o assunto que é muito sério. Portanto, nós queremos fazer parte desse debate. Não é só questão de bancada de oposição, a Câmara foi desrespeitada”, disse à Rádio Clube de Conquista. Com posição contrária, o secretário municipal de Mobilidade, Esmeraldino Correia, declarou que a decisão tomada por Herzem Gusmão está amparada por uma lei de 1999, não precisando, segundo o secretário, de discutir o assunto na Câmara.
“A lei 968/99 dispõe sobre transporte público municipal, e aquela lei de 99 abre essa possibilidade de estabelecer o decreto como foi feito”, afirmou. Segundo Correia, o edital deve sair em 90 dias e prevê a contratação de cerca de 80 vans. Atualmente, Conquista abriga em torno de 300 veículos do tipo.

Comente essa matéria