Coronel João Sá – BA tem 407 beneficiários do bolsa família suspeito

bolsa-familia-joao-saO Ministério Público Federal (MPF) expediu recomendações a 4.703 prefeituras para que realizem visitas domiciliares a mais de 870 mil beneficiários do programa Bolsa Família suspeitos de não cumprir os requisitos econômicos estabelecidos pelo governo federal para recebimento do benefício.

Segundo o Raio-X Bolsa Família, projeto de iniciativa do MPF, de 2013 a maio de 2016, os pagamentos a perfis suspeitos de irregularidades totalizam mais de R$ 3,3 bilhões. O Raio-X Bolsa Família é uma ação nacional coordenada pelas Câmaras Criminal e de Combate à Corrupção do MPF. Na Bahia foram colocados sobre suspeita um total de 140 mil cadastros, sendo os mesmos espalhados por todos os municípios.

Cadastros suspeitos municípios da nossa região: Coronel João Sá 407; Ribeira do Pombal 292; Ribeira do Amparo 276; Banzaê 87; Cipó 176; Cícero Dantas 640; Heliópolis 231; Nova Soure 191; Tucano 638; Euclides da Cunha 505; Quijingue 437; Jeremoabo 469; Fátima 119; Paripiranga 225; Itapicuru 125; Olindina 94; Inhambupe 386; Adustina 235; Sítio do Quinto 275; Antas 234; Novo Triunfo 304; Pedro Alexandre 74; Glória 125; Santa Brígida 205; Paulo Afonso 1.672. Pesquisa do Joilson Costa, Rádio Pombal FM, no site do MPF.

Comente essa matéria